Breve Introdução ao Adventismo do Sétimo Dia

Será que a Igreja Adventista do Sétimo Dia é como muita gente pensa, uma denominação igual às outras, tendo como única diferença a guarda do Sábado?

Muitos cristãos, na melhor das hipóteses, vagamente estão conscientes de que o Adventismo é de alguma forma, diferente.

Este site desafia o leitor a perguntar e responder para si mesmo duas questões centrais: As diferenças são reais? E se assim for, são importantes?

Nosso compromisso é alertar o povo de Deus sobre esse movimento que afirma e promove muitos e graves erros como a inspiração dos escritos de Ellen G. White (comprometendo o Sola Scriptura), a doutrina do Juízo Investigativo (comprometendo a Justificação pela Fé), e a doutrina de que aqueles que não guardam o Sábado (para a IASD o Selo de Deus), serão marcados pelo anticristo por adorarem a Deus no Domingo (para a IASD a Marca da Besta). Desviando sutilmente assim nosso olhar de Cristo e sua obra na cruz, para a guarda da Lei (Antigo Pacto) e nossas próprias obras (comprometendo a Graça).

Apresentaremos muitas evidências bíblicas de que a Igreja Adventista do Sétimo Dia vem anunciando, desde sua origem conturbada, um "outro evangelho", muito semelhante ao registrado na epístola aos Gálatas.

"Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema." Gálatas 1:6,9 

Ao expormos seus erros doutrinários temos grande esperança de que o Espírito de Cristo liberte da escravidão espiritual incontáveis Adventistas que precisam ouvir o Evangelho proclamado como Deus planejou. Vem Senhor Jesus!

A VERDADE SOBRE O ADVENTISMO

Muitas pessoas tem dificuldades em compreender os Adventistas do Sétimo Dia. Isso ocorre porque a partir da década de 1950 eles começaram a buscar a aceitação das igrejas evangélicas, Cristãos nascidos de novo. Começaram um diálogo com Walter Martin (apologista cristão que fundou o Christian Research Institute, no Brasil ICP) por insistência de Donald Grey Barnhouse.

O que se seguiu foi uma espetacular operação de relações públicas, iniciando um encobrimento das verdadeiras doutrinas do Adventismo. Adventistas querem desesperadamente ser aceitos como evangélicos para que possam fazer seu proselitismo (converter Cristãos). Esse blog ajudará você a conhecer muitas coisas que andam escondendo de você.

ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA POSSUEM UMA FALSA PROFETISA

ELLEN G. WHITE

Os Adventistas declaram oficialmente:

"Como a mensageira do Senhor, seus escritos são uma contínua e autorizada fonte de verdade e proporcionam conforto, orientação, instrução e correção à Igreja" Crença Fundamental 18, dos Adventistas do Sétimo Dia (grifo nosso).

Os escritos de Ellen White são chamados de “o espírito de profecia” e “o testemunho de Jesus.” Os Adventistas do Sétimo Dia à consideram tão inspirada como os escritores da Bíblia. Seus escritos são considerados tão inspirados quanto a Bíblia. O espaço não nos permite mostrar muitas de suas falsas profecias, mas há documentação disponível. Falando de seus escritos, ela própria disse:


"Os testemunhos são do Espírito de Deus ou do Diabo" Testemunhos Para a Igreja, vol. 4, p. 230 (grifo nosso).

Para saber mais sobre Ellen G. White Clique Aqui.

DOUTRINAS HERÉTICAS DO ADVENTISMO DO SÉTIMO DIA

1) EXPIAÇÃO INCOMPLETA


O sangue de Cristo, ao mesmo tempo que livraria da condenação da lei o pecador arrependido, não cancelaria o pecado; este ficaria registrado no santuário até à expiação final”. Patriarcas e Profetas, p. 357 (grifo nosso).

"Agora, enquanto nosso grande Sumo Sacerdote está a fazer expiação por nós, devemos procurar tornar-nos perfeitos em Cristo." O Grande Conflito, p. 623 (grifo nosso).

"...em vez de vir Cristo à Terra, ao terminarem em 1844 os 2.300 dias, entrou Ele então no lugar santíssimo do santuário celeste, a fim de levar a efeito a obra final da expiação, preparatória à Sua vinda." O Grande Conflito, p. 422 (grifo nosso).


Para saber mais sobre Expiação Incompleta Clique Aqui.

2) CRENTES ENTRAM EM UM JULGAMENTO DE OBRAS QUE DETERMINARÁ SUA SALVAÇÃO

“No tempo indicado para o juízo - o final dos 2.300 dias, em 1844 - iniciou-se a obra de investigação e apagamento dos pecados. Todos os que já professaram o nome de Cristo serão submetidos àquele exame minucioso. Tanto os vivos como os mortos devem ser julgados "pelas coisas escritas nos livros, segundo as suas obras”. O Grande Conflito, p.486 (grifo nosso).

“Cada caso fora decidido para a vida ou para a morte. Enquanto Jesus estivera ministrando no santuário, o juízo estivera em andamento pelos justos mortos, e a seguir pelos justos vivos”. Primeiros Escritos, p. 280 (grifo nosso).

“Assim, no grande dia da expiação final e do juízo de investigação, os únicos casos a serem considerados são os do povo professo de Deus”. O Grande Conflito. p. 480 (grifo nosso).

“Ao abrirem-se os livros de registro no juízo, é passada em revista perante Deus a vida de todos os que creram em Jesus. Começando pelos que primeiro viveram na Terra, ...Todo nome é mencionado, cada caso minuciosamente investigado. Aceitam-se nomes, e rejeitam-se nomes. Quando alguém tem pecados que permaneçam nos livros de registro, para os quais não houve arrependimento nem perdão, seu nome será omitido do livro da vida, e o relato de suas boas ações apagado do livro memorial de Deus”. O Grande Conflito, p. 483 (grifo nosso).

Agora, veja o que diz a Palavra de Deus:

"Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida." João 5:24 (grifo nosso)

"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito." Romanos 8:1 (grifo nosso)

Para saber mais sobre o Juízo Investigativo Clique Aqui.

3) GRAÇA MAIS OBRAS É IGUAL A SALVAÇÃO

“O juízo vai preparar-se, os livros vão ser abertos, e nós vamos ser julgados por nossas obras”. Testemunhos Para a Igreja, vol. 1, p. 100 (grifo nosso). 

Lembre-se-se que o julgamento acima é de obras para salvação, não para recompensas.

"Conquanto as boas obras não salvem alma alguma, é impossível que uma única alma se salve sem as boas obras." Mensagens Escolhidas, vol. 1, p. 377 (grifo nosso).

“Os livros são abertos - o livro da vida e o livro da morte. O livro da vida contém as boas obras dos santos, e o livro da morte as obras más dos ímpios. Esses livros são comparados com o Livro-norma, a Bíblia, e de acordo com isto são os homens julgados”. Mensagens Escolhidas, Vol. 1, p. 377 (grifo nosso).

Para saber mais sobre a verdadeira Salvação oferecida pelo Evangelho Clique Aqui.

4) NOSSOS PECADOS LANÇADOS SOBRE SATANÁS


“Também se viu que, enquanto a oferenda de pecado apontava a Cristo como sacrifício, e o sumo sacerdote representava a Cristo como mediador, o sacrifício representava a Satanás, o autor do pecado, sobre o que serão postos os pecados dos verdadeiros penitentes”. O Grande Conflito, p. 422 (grifo nosso).

“Seus pecados são transferidos ao originador deles”. Testemunhos Para a Igreja, vol. 4, p. 137.

Para saber mais sobre Azazel / Bode Emissário Clique Aqui.

5) OS CRISTÃOS COMPARECERÃO DIANTE DE DEUS SEM A INTERCESSÃO DE CRISTO


“Os que estiverem vivendo sobre a Terra quando a intercessão de Cristo cessar no santuário celestial, deverão, sem mediador, estar em pé na presença do Deus santo”. O Grande Conflito, p.425 (grifo nosso).

"Quando Jesus deixar de interceder pelo homem, os casos de todos estarão decididos para sempre. Este é um tempo de ajuste de contas com Seus servos." Testemunhos Para a Igreja, vol. 2, p. 191 (grifo nosso).

Entendendo que terão de comparecer diante de Deus sem um mediador, os Adventistas do Sétimo Dia crêem que devem ser perfeitos antes que Jesus regresse.

6) PODEMOS VIVER SEM PECADO


“Só os que, mediante a fé em Cristo, obedecem todos os mandamentos de Deus atingirão a condição sem pecado na qual vivia Adão antes de sua transgressão”. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 6, p. 1118 (grifo nosso).

"Ser redimido significa deixar de pecar". Review & Herald, 25 de setembro de 1990 (grifo nosso).

Vejamos o que diz a Bíblia:

"Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós. I João 1:8, 10 (grifo nosso)

7) O SÁBADO É O SELO DE DEUS E AQUELES QUE ADORAM NO DOMINGO RECEBERÃO A MARCA DA BESTA

É fato bem conhecido que os Adventistas ensinam a guarda do Sábado. O que não é tão conhecido assim é a crença que eles ensinam de que o Sábado é o Selo de Deus e que aqueles que adoram no Domingo antes do Arrebatamento receberão a marca da besta. Em última análise, de acordo com a teologia Adventista, a salvação nos últimos dias resume-se ao dia em que você adora! O Sábado tem sido a principal ferramenta utilizada pela IASD em seu proselitismo (converter Cristãos).

Para saber mais sobre o Sábado Clique Aqui.

8) SONO DA ALMA

Adventistas do Sétimo Dia, assim como as Testemunhas de Jeová, ensinam que quando um crente morre sua alma "dorme". Alguns acreditam que você deixará de existir completamente.

Para saber mais sobre o Sono da Alma Clique Aqui.

9) NEGAÇÃO DA DOUTRINA BÍBLICA DO INFERNO

Adventistas do Sétimo Dia não ensinam a doutrina bíblica do Inferno. Eles, assim como as Testemunhas de Jeová, ensinam que os incrédulos serão Aniquilados e que o Inferno é temporário.

Para saber mais sobre o Aniquilacionismo Clique Aqui.

EQUÍVOCOS DOUTRINÁRIOS DO ADVENTISMO

1) DIVISÃO DA LEI (VELHA ALIANÇA)

Dividem a Aliança Mosaica em leis morais e cerimoniais. Lei Moral = Dez Mandamentos. Lei Cerimonial = Lei de Moisés. A Bíblia nos informa que embora haja leis morais e cerimoniais a Lei é uma só. Existem leis morais na Lei de Moisés e a uma Lei cerimonial no Decálogo (o Sábado).

2) DEFINIÇÃO DA LEI

Mudam arbitrariamente a definição de termos como "mandamentos" e "Lei" nas passagens. Costumam trocar esses termos pelo Decálogo. (Exemplo: Mateus 5:17)

3) AFIRMAÇÕES NEGATIVAS E POSITIVAS

Alguns em passagens negativas sobre a Lei dizem tratar-se da Lei de Moisés. Em passagens positivas sobre a Lei dizem tratar-se da Lei de Deus (Decálogo).

4) O SÁBADO FAZ PARTE DA NOVA ALIANÇA

Apesar de reconhecerem que em nenhum lugar do Novo Testamento é dado um mandamento para guarda do Sábado, creem ser obrigatório o sinal da Velha Aliança aos cristãos. Interpretam como sábados cerimoniais a passagem do Novo Testamento que afirma que o sábado foi abolido/cumprido (ou melhor, que a sombra do sábado encontrou sua realidade na pessoa de Cristo Jesus). Negam se tratar do Sábado passagens da Nova Aliança que falam sobre a liberdade cristã em relação a dias santos.


Clique aqui para voltar para página Igreja Adventista do Sétimo Dia

Adaptado de: http://www.exadventist.com/

0 comentários:

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos