O nome de Deus é Jeová?




Extraído de Paulo Martins

QUAL É O NOME DE DEUS?

Estaremos abordando alguns tópicos a respeito do nome divino, como a origem do nome Jeová, o que é o tetragrama, etc.

As Testemunhas de Jeová alegam ser eles a única religião que usa o nome divino, a única que santifica o nome de Deus. No livro "PODERÁ VIVER PARA SEMPRE NO PARAÍSO", pág. 184 diz: "Como identificar uma religião verdadeira"; ali eles apresentam cinco características de uma religião verdadeira. A primeira é "SANTIFICAR O NOME DE DEUS".

Para eles, santificar o nome de Deus é chamar Deus pelo nome e divulgá-lo, mencionando Mt. 6.9 e Jo 17.6. É importante deixar claro que apesar de Jesus ter dito "Tenho feito manifesto o teu nome", Ele nunca chamou Deus de Jeová.

Por que Jesus nunca chamou Deus de Jeová, ou melhor, dizendo, nunca pronunciou o Seu nome, sendo que as Testemunhas de Jeová alegam que é importante chamar Deus pelo nome?

Eles alegam também que toda pessoa tem um nome, então é lógico que Deus também tenha um nome; dizem também que o nome é para diferenciar o Deus criador dos deuses falsos. Por exemplo: como Deus pode ouvir sua oração se você chamá-lo pelo título "Deus", sabendo que existem outros deuses? Assim Ele não saberia quem você estaria invocando. Isto é um absurdo, caro leitor!

Será que Deus tem um único nome, ou tem outros nomes que nós podemos usá-los para nos referir a Ele? As Testemunhas de Jeová respondem. Livro Jeová, pág. 8:

"Jeová, o imortal... Ele tem se revelado as suas criaturas pelo seu nome Jeová; pelo seu nome Deus...; pelo seu nome Todo-Poderoso...pelo seu nome Altíssimo".

II. A QUESTÃO DA PRONÚNCIA

Algumas informações preliminares para o caro leitor:

No hebraico escrevia-se somente com consoantes; as vogais eram somente pronunciadas, isto é, as vogais eram transmitidas, através das gerações do povo de Israel, oralmente e não de forma escrita, visto que a escrita da língua hebraica possuía apenas as consoantes.

Naquele período era fácil para o judeu porque a língua hebraica era uma língua cotidiana, então eles não tinham dificuldade em pronunciar as palavras. No momento da pronúncia, eles supriam corretamente as consoantes com as devidas vogais.

Depois o hebraico entrou em declínio. Por muitos anos, devido a fatores históricos inelutáveis. Somente no século VI depois de Cristo, é que começaram a surgir os "Massoretas" (do hebraico "massorah", que quer dizer "tradição") os quais instituíram um sistema de pontos e sinais representando as vogais, ou melhor, dizendo, os sons vocálicos abertos e fechados, e por isso são chamados "sinais massoréticos". Estes sinais eram colocados acima, abaixo e até mesmo dentro das consoantes. Convém frisar que essas anotações não fazem parte do texto sagrado original, visto que os manuscritos originais hebraicos são puramente consonantais.

Por essa razão, a palavra que hoje se conhece como Jeová constava unicamente de quatro letras, isto é, quatro consoantes hebraicas que transliteradas são: YHVH, conhecidas como o tetragrama. Portanto não devemos afirmar que a pronúncia do texto massorético de hoje seja exatamente a mesma dos tempos bíblicos.

III. O TETRAGRAMA YHVH

Por que os judeus não pronunciavam o nome divino?

Quando Moisés recebeu os dez mandamentos, Ex. 20.1-17, o versículo 7 -

“Não tomarás o nome do YHVH teu Deus em vão: porque o YHVH não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão"

- deixa claro que Deus não ia tomar por inocente o que invocasse seu nome em vão.

Quando os judeus se deparavam com YHVH, automaticamente eles pronunciavam, liam e falavam Adonay que significa Senhor.

Devido a este temor ou superstição, os judeus deixaram de pronunciar o nome divino. Portanto, não temos como saber que vogais eles usavam na pronúncia do tetragrama YHVH.

É digno de nota que as Testemunhas de Jeová reconhecem que ninguém sabe a pronúncia correta do nome divino. Você leitor pode certificar-se disso examinando a "BROCHURA” (literatura produzida pelas Testemunhas de Jeová) O NOME DIVINO QUE DURARÁ PARA SEMPRE, pág. 7 subtítulo: Como é pronunciado o nome de Deus diz: "A verdade é que ninguém sabe com certeza como o nome de Deus era pronunciado originalmente". Na mesma página, no rodapé, diz: "Portanto, é evidente que a pronúncia original do nome de Deus não mais é conhecida. Nem é realmente importante. Se fosse, o próprio Deus se teria certificado de que fosse preservada para o nosso uso".

Em outra literatura das Testemunhas de Jeová, "PODERÁ VIVER PARA SEMPRE NO PARAÍSO NA TERRA", pág. 43 parág. 11 encontramos: "Portanto, o problema hoje é que não temos meios de saber exatamente que vogais os hebreus usavam junto com as letras YHVH".

A INCOERÊNCIA

Vejamos o que diz a literatura "PODERÁ VIVER PARA SEMPRE NO PARAÍSO NA TERRA", pág. 185 parág. 5: "De fato, conhecer tal nome é necessário para a salvação, conforme diz a Bíblia, pois todo aquele que invocar o nome de Jeová será salvo" Rm. 10.13, na Tradução do Novo Mundo. Obs: as traduções do texto originais foram adulteradas na “Bíblia” das Testemunhas de Jeová visto que a palavra que aparece no original grego é KURIOS (SENHOR), que eles traduzem por Jeová.

No original grego o nome Jeová não aparece nenhuma vez sequer no Novo Testamento. As Testemunhas de Jeová acrescentaram 237 vezes o nome Jeová por conta própria. É por isso que só na Tradução do Novo Mundo - no Novo Testamento - aparece o nome Jeová. Mas quando Kurios é usado em relação a Cristo eles omitem esse fato.

Veja no grego interlinear das Testemunhas de Jeová:

Mt. 4.7 e ¢ f h a u ¢ t v o ¢ ¢ ½ h s o u V Õ a ¢ l i n
Said to him the Jesus Again
g e ¢ g r a p t a i O u ¢ k e ¢ k p e i r a ¢ s e i V
it has been written Not you shall put to the test
K u ¢ r i o n t o ¢ n q e o ¢ n s o u .
Lord the God of you.
Rm. 10.13

P a V g a ¢ r o ² V a ¢ n e ¢ p i k a l e ¢ s h t a i t o ¢
everyone for who likely might call upon the
o ¢ n o m a K u r i ¢ o u s w q h ¢ s e t a i .
name of Lord will be saved.

Agora perguntamos a você amigo leitor: Como pode o nome de Deus não ser importante porque ninguém sabe a pronúncia e ao mesmo tempo ser necessário conhecê-lo para a salvação? Em Pv. 4.19 diz "O caminho dos ímpios é como a escuridão: nem sabem em que tropeçam".

IV. QUANDO SURGIU O NOME JEOVÁ?

No hebraico moderno do século VI depois de Cristo, os Massoretas colocaram os sinais das vogais adonay nas consoantes do tetragrama, daí em diante que os clérigos católicos começaram a tentar escrever o nome divino: Iahweh, Jehovah, Iavé e Jeová.

A partir do ano de 1514 depois de Cristo, começaram a usar o nome JEOVÁ e assim ficou conhecido e usado não porque seja a forma correta, mas por questão de ser bem mais conhecida.

Portanto, em algumas traduções João Ferreira de Almeida, revista e corrigida, antigas, ali encontram o nome Jeová (somente no Antigo Testamento). Esta é a forma incorreta. O certo é Senhor ou Iahweh que estão com as vogais de Adonay que se traduz por Senhor.

V. QUEM FORMULOU O NOME JEOVÁ?

“Por séculos tem havido um grande debate sobre a pronúncia correta do nome pessoal do Criador. Alguns tradutores modernos da Bíblia o escrevem Yawé ou Javé como sendo o mais aproximado da pronúncia correta. Entretanto, Jeová é a forma popular de pronunciá-lo em português. Na versão católica romana, em inglês, conhecida como versão de Westminster das Escrituras Sagradas, que teve como Editor-Geral o Jesuíta Cuthbert Lattey, o tradutor usa Jeová e na sua nota marginal sobre Jonas 1:1, ele diz”:

Em harmonia com a preferência do editor-geral da Versão Westminster, eu emprego o nome ‘Jeová’. É bem conhecido que este certamente não é o equivalente do Nome hebraico.

Extraído do livro "SANTIFICADO SEJA O TEU NOME", pág. 17. Veja também a pág. 19.

Obs: o grifo é nosso. O uso do nome Jeová não é uma questão de transliteração e sim uma questão de preferência pessoal do editor geral.

VI. O NOME JESUS

Agora vamos verificar o que a Bíblia ensina a respeito do nome JESUS.

O nome JESUS aparece 908 vezes no Novo Testamento, o qual foi escrito em grego. Portanto, o nome JESUS é bíblico e consta no original grego.

Amigo leitor, você pode comprovar isto verificando o grego interlinear das Testemunhas de Jeová.

Observe agora como se escreve JESUS em grego: ¢ ½ h s o u V

O NOME JESUS APARECE NOS 27 LIVROS DO NOVO TESTAMENTO.
O NOME JEOVÁ NÃO APARECE EM NENHUM DOS 27 LIVROS DO NOVO TESTAMENTO.

VII. JESUS, O NOME TODO PODEROSO

Devemos ser testemunhas d’Ele - At. 1.8
Salvação em Seu nome - At. 4.11-12; At. 16.30-31
Pessoas são curadas em Seu nome - At. 3.6, 16
Saulo perseguia os que invocavam Jesus - At. 9:21
Jesus é o único Salvador - At. 13.23
Em Seu nome expulsamos demônios - Mc. 16.14-18
A importância do nome Jesus - Mt. 10.22, 32-33; 12.21; Mt. 18.5, 20; 24.9
Jesus nunca chamou Deus de Jeová - Mt. 11.25; 26.39-42; Mc. 14.36; Lc. 10.21; Jo. 11.41
Somos lavados, santificados e justificados em Seu nome - 1Co. 6.11
Há um só Senhor: Jesus Cristo - 1Co. 8.6

VIII. CONCLUSÃO

O nome que devemos invocar para ser salvo é Senhor Jesus. At. 16.30-31
A Bíblia não ensina que devemos crer em alguma organização. E também não ensina qual religião devemos seguir ou filiar-se.


A Bíblia ensina que devemos confiar, crer e obedecer somente em Jesus mediante Sua palavra.
Jesus deixou bem claro que Ele é o único caminho, a verdade e a vida. Jo. 14;06
Ele também disse: "e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará". Jo. 8.32
Amigo leitor, se você é escravo de alguma organização ou religião, você pode ficar liberto agora mesmo.

Dobre o seu joelho e invoque o nome do Senhor Jesus, e confesse com a sua boca que Ele é Senhor e Salvador da sua vida. Leia João 1:12.

14 comentários:

Anônimo disse...

Jose Tavares de Portugal, estas verdades são de Jesus, João:14.6. os jeovas fojem da resposta porque a biblia deles e do pai da mentira, e eles são filhos do diabo, não a nenhuma verdade neles. poque não conhecem a palavra de Jesus, amem que tudo seja para a gloria de Deus em nome de Jesus.

Sergio Augusto Venturelli disse...

Bom, a princípio você utilizou a justificativa de que ninguém conhece atualmente a pronuncia correta para YHVH (fonética) ou a pronuncia vocálica correta. Entretanto, nenhum ser humano na atualidade sabe exatamente como o nome Jesus (Yeshua (ישוע/ יֵשׁוּ) era pronunciado. Mas ainda sim, todos utilizam a pronuncia mais conhecida para seu nome em português "JESUS". Portanto já há uma incoerência extremamente parcial e tendenciosa em sua teologia. Segundo, o senhor afirmou que Jesus nunca pronunciou o nome pessoal de deus YHVH. Mais uma falácia, com o perdão da palavra. Jesus em uma pregação na sinagoga leu (Isaías 61:1-2) onde há ali o tetragrama divino, o nome pessoal de Deus. Então o que ele fez nessa ocasião, quando se deparou com o nome divino (YHVH? Pulou o nome de Deus? Ou quem sabe o substituiu arbitrariamente como você faz por SENHOR, ou "Deus poderoso"? Sinto lhe dizer amigo, mas Jesus, ao contrário de você não estava preso a tradições judaicas. Obrigado e que a sua consciência decida, publicar ou não a minha mensagem.

Unknown disse...

Jeová ou Javé é meu Senhor.
Jesus também é meu Senhor.
Espírito Santo tb é meu Senhor.
Todos que confiam nestes nomes estão salvos.

Pr.David disse...

Pelo que consta na história de Israel a pronuncia do Nome de Deus já tinha se perdido antes de Jesus, provavelmente Jesus citou o nome de Deus como era conhecido na época para eles e não a pronúncia exata, para Jesus sempre foi mais importante mostrar quem era o Pai e não só o seu nome, conhecer o nome de uma pessoa não diz nada sobre ela, a não ser que você o conheça intimamente, Filipe disse: Senhor mostra-nos o Pai, o que nos basta.
Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, não me tendes conhecido, Filipe?Quem me vê a mim vê o Pai e como dizes tu : Mostra-nos o Pai? com certeza Filipe conhecia os títulos ou nomes que Deus era conhecido mais ainda não tinha conhecido o Deus dos nomes e Jesus não iria mentir em revelar o que homem podia ver Deus. Jesus é a expressa imagem de Deus Hebreus 1.3.Seja qual for verdadeira pronuncia do nome de Deus, o importante é santifica-lo com e em nossas vidas na pessoa de Jesus. Pr.David

leonardo disse...

testemunho de jeova esta fora dar biblia..coisa do homem

Iangrel Frenzias disse...

Jesus é um nome falso derivado do latim Iesus.

IE + SUS. Traduzindo IE (Ou seja) SUS (porco).

Pode por acaso um porco salvá-los?

Saiam da idolatria criada por ROMA, pois assim como o nome do eterno criador יהוה - YHWH (YaHuWaH/IAUA)foi alterado e trocado por SENHOR,Kyrios, Dominus, Lord (que em hebraico é BAAL),da mesma forma o filho dele יהושוע - YHWSHWÀ (Yahushua/IAUSHUA).

Somente YHWSHWÀ tem o nome do pai YHWH e a palavra salvação inseridos no seu nome.

Deus também é outra idolatria criada por Jeronimo de Estridon a pedido do Papa Damaso I. Retiraram o título ÂLaHYM e colocaram o nome de Zeus no lugar. Sim Deus é a terceira declinação em grego do nome de Zeus.

O Nome do filho salva porque também é o nome do pai. O Nome do filho exalta o nome do pai. Dizer que o nome do filho é mais importante que o do pai é tolice visto que tudo o que o filho tem veio do pai (Incluindo o seu nome).

O NOME do eterno se baseia nos fonemas fundamentais e está na boca de todo ser que respira I - A - U. Essas 3 sons vocálicos são reproduzidos por todos os seres que possuem folego de vida.

Tudo que tem fôlego:

Halel u YaH (Alel u IA)

Halel u YaHuW (Alel u IAU)

Halel u YaHuWaH (Alel u IAUA)

Hoje vocês conheceram a verdade. Não serão tidos por inocentes se não "clamarem" pelo nome que salva.

E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.
Atos 4:12



anónimo disse...

Meu amigo mas porque será que o papa mandou retirar o nome de JEOVÁda biblia? Como explica as palavras da biblia em que diz que os VERDADEIROS cristãos seriam odiados tal como predito em marcos 13:13 ? Será que vocês são odiados? Não, mas sim as testemunhas de jeová. Isso quer dizer que quem está correto são as testemunhas de jeova e não os líderes religiosos!

isaque dantas disse...

isaque dantas.
Tanto jesus quanto deus, são nomes que nós criamos para desiguinar o nome do filho e do pai,portanto são falsos.

arzumira dy silva disse...

nem vou perder meu tempo

Elias Oliveira disse...

vcs ficam discutindo por nomes de jesus,la em apocalipse c.3 verso.12 em diante diz quem vencer farei coluna no templo de meu deus e porei sobre ele o meu novo nome na terra e jesus e jeova no ceu e outro nome,disse o senhor jesus.

JN Cavalcante disse...

Comentário do José Cavalcante
No Eclesiastes, cap. 9 versículos 5 a 7 vê-se claramente que o Autor, apesar de ser o mais sábio do seu tempo, não acreditava em "alma, espírito, vida depois da morte, juízo final" o que demonstra que esse livro não devia fazer parte do cânon bíblico.
9.5 Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, porque a sua memória jaz no esquecimento.

9.6 Amor, ódio e inveja para eles já pereceram; para sempre não tem eles parte em coisa alguma do que se faz debaixo do sol.

9.7 Vai, pois, come com alegria o teu pão e bebe gostosamente o teu vinho, pois Deus já de antemão se agrada das tuas obras.

9.10 Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças porque no além para onde tu vais, não há obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.

Se isto tivesse sido escrito por qualquer materialista de carteirinha, ou ateu convicto, não era de admirar a ninguém. Mas o autor é ninguém menos que o Rei Salomão, filho de Davi, 3º rei de Israel.

L LAWLIET Near disse...

Jesus condenou os fariseus que abandonaram a adoração verdadeira, por causa da tradição, e entre isso certamente estava se referindo ao abandono do uso do nome de Deus, ao qual ele mesmo disse que deu a conhecer aos homens.
Você acredita mesmo que logo Jesus que é o filho unigênito de Deus, único vivente perfeito a andar por essa terra não podia chamar o pai pelo nome?

Não saber a pronuncia correta do nome de Jesus não impede os evangélicos de abrirem o berreiro nos cultos, desrespeitando assim a ordem de fazer-se tudo com "ordem e descência no culto".

É no minímo estranho que tenham excluído o nome de YHWH que aparece centenas de vezes na bíblia por um tão impessoal. Se ele não quisesse que chamassemos o seu nome não o teria dito.

Nas Escrituras Gregas, o nome divino aparece na sua forma abreviada. Em Revelação (Apocalipse) 19:1, 3, 4, 6, o nome divino está incluído na expressão “Aleluia”, que significa literalmente “Louvai a Jah!”. Jah é uma forma abreviada do nome Jeová.

Jesus usava o nome divino quando citava ou lia o Velho Testamento. (Deuteronômio 6:13, 16; 8:3; Salmo 110:1; Isaías 61:1, 2; Mateus 4:4, 7, 10; 22:44; Lucas 4:16-21) Nos dias de Jesus e de seus discípulos, o Tetragrama aparecia em cópias do texto hebraico no que muitas vezes é chamado de Velho Testamento. O mesmo acontece hoje. No entanto, durante séculos os eruditos pensavam que o Tetragrama não aparecia nos manuscritos da tradução Septuaginta grega do Velho Testamento, bem como nos manuscritos do Novo Testamento. Mas, em meados do século 20, algo impressionante foi trazido à atenção dos eruditos: foram descobertos alguns fragmentos bem antigos da Septuaginta grega que existia nos dias de Jesus. Esses fragmentos contêm o nome pessoal de Deus escrito em caracteres hebraicos.

PABLO CINTRA disse...

Boa tarde,

Sou estudante da biblia a quase 3 anos e chego a uma conclusão.Sou de uma familia católica que vivem adorando imagens(TOTALMENTE PECADO),e de uma familia de espíritas(ESPIRITISMO NEM SE FALA).Pra quem não sabe existe o antigo e o novo testamento.DEUS ,SENHOR , ALTISSIMO são títulos.Até os animais tem nome, a questão é que quando se revela seu nome,este vai de contra com os "falsos profetas que apareceriam no fim dos tempos".Ou seja,nosso SENHOR,DEUS,ALTISSIMO, se referem a Jeová.Ou quando alguem bate na sua casa pergunta se o "SENHOR MORA AI?"Devemos deixar os interesses e a ignorância de lado, e aceitarmos o que realmentes está escrito nas escrituras.

FlávioStern disse...

Georg Friedrich Grotefend, erudito alemão do século XIX dispos-se a decifrar os escritos cuneiformes assiro-babilônicos. Baseado em seus trabalhos o nome do rei Dario, do império da Média, ficaria assim: Daarayawausa e de seus sucessor Xerxes ficaria assim: Hasayaarasaa. Podemos dizer então que a forma,Dario e Xerxes, vertidas para línguas modernas são incorretas? Por outro lado em inscrições egipcias, os faraós referiam-se ao Deus dos hebreus como IAHU. Nota-se pelos exemplos dados que diferentes povos com diferentes idiomas vertem nomes próprios de diferentes maneiras, mas note-se que há uma correlação de base gramatical entre os nomes transliterados. Portanto quer seja Javé, Iavé, Iahu, Iehowah, Jeohwah, ou Jeová tais nomes são relativos ao Soberano do Universo. Mas em português cabe melhor Javé ou Jeová de maneira que tem-se usado por séculos. A propósito... esse nome não é exclusividade dos TJ's muitas denominações cristãs o usam, eu mesmo que não professo religião alguma o uso respeitosamente.

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog