Judas não cita o não-inspirado Livro de Enoque como tendo autoridade divina? Judas 14

PROBLEMA: Judas cita o Livro de Enoque, dizendo: "Quanto a estes foi que também profetizou Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que veio o Senhor entre suas santas miríades". (v. 14). Entretanto, Enoque não o é um livro inspirado, mas é considerado apócrifo (falso) pela igreja cristã. 



SOLUÇÃO: Primeiro, não é certo que Judas de fato esteja citando o Livro de Enoque. Ele pode simplesmente estar mencionando um acontecimento que é encontrado também nesse livro não-inspirado. “Vale dizer que Judas não afirma ter Enoque escrito essa afirmação, apenas registra que Enoque disse" (v. 14). Ele pode ter usado uma tradição oral válida, e não o Livro de Enoque.

Além disso, mesmo que Judas tivesse tomado essa afirmação do Livro de Enoque, ainda assim ela é verdadeira. Muitas afirmações verdadeiras podem ser encontradas fora das Escrituras; o simples fato de Judas citar algo de uma fonte não-canônica (extrabíblica) não significa que o que ele diz seja necessariamente incorreto. Nem tudo no Livro de Enoque está correto, mas isso não nos permite concluir que tudo esteja errado.

O apóstolo Paulo cita verdades de poetas pagãos (At 17:28; 1 Co 15:33; Tt 1:12), o que não implica que esses livros sejam inspirados. Na verdade, até mesmo a jumenta de Balaão proferiu uma verdade (Nm 22:28). A inspiração do livro de Judas não garante tudo o mais que é dito numa fonte não inspirada, só por ela ter sido citada. Garante apenas a verdade que foi citada.

Finalmente, a evidência externa a respeito do livro de Judas é muito grande, o tempo de Irineu (cerca de 170 a.D.) para frente. Ele está no papiro Bodmer (P72) de 250 a.D., e trechos dele acham-se muito antes em Didakhê (2:7), que provavelmente data do segundo século. Assim, há evidência para a autenticidade do livro de Judas, que não é diminuída por essa alusão ao que Enoque disse. A existência de Enoque e a sua comunicação com Deus é um fato estabelecido em outras partes da Bíblia, tanto no AT (Gn 5:24) como no NT (Hb 11:5).

MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e "Contradições" da Bíblia - 
Norman Geisler - Thomas Howe.

6 comentários:

Slinker disse...

fala sério...quem já leu o livro de Enoch sabe porque a igreja catolica retirou esse livro do cãnon da biblia. O livro de enoch cita coisas que para pessoas sem muito entendimento seria impossivel de acontecer.

Anônimo disse...

Eu não entendo porque judas citaria uma passagem de um livro da qual ele não acreditava,não faz o menor sentido,o livro fala de buracos negro.

yedo disse...

Essa não é a única citação do livro de Enoque,
quando ele fala dos anjos que deixaram seu principado e foram atrás de outra carne, sem dúvidas está baseado no livro de Enoque

manoel disse...

Sei q naquela epoca ha maioria das menssagens era boca a boca mas alguns estudos dizem q o livro de enoque fazia parte da tora' a biblia dos judeus mas foi retirados pois continha profecias que pertencia a cristo mas nao e so judas q fazem citações de enoque quase o velho testamento todo pois genesis 6.2 fala sobre os anjos os filhos de Deus tambem cita os gigantes nefilins fora os outros livros pentateucos q fala mas sobre os gigantes os filhos de anaque judas apenas o cita claramente sobre o livro dos gigantes (livro de enoque) enoque ou a historia foi escrita pois alguem contou ate ou naquela epoca tinha o conhecimento sobre ele assim judas o cita para mostra o q aconteceu e cita no ver 6 E os anjos que nao guardaram o seu pricipado,mas deixaram a sua propria habitacao, reservou na escuridao, e em prisoes eternas ate ao juizo daquele grande dia;o mesmo cita o livro de enoque hoje o livro e escondido pois e um absurdo para mim nao e pois jesus e o salvador entao isso nao vai tirar a minha certeza mas pode almentar sim pois ele fala sobre o dia do juizo e enoque tambem nisso vemos grandes concordância

Romão Casals disse...

Conhecer a tradição da Igreja é fundamental para se entender como se estabeleceu o cânon dos livros sagrados, todos sem excepção foram consignados sob inspiração do Espírito Santo. Deve professar-se que os livros da Escritura ensinam com certeza, fielmente e sem erro a verdade de Deus com vista à nossa salvação.

Foi Deus que inspirou os autores humanos na redacção dos livros sagrados, Ele escolheu homens, dos quais se serviu fazendo-os usar das suas próprias faculdades e capacidades, a fim de que, agindo nos homens, ele próprio se desse a conhecer.

A fé cristã não é a religião de um Livro, o cristianismo é a religião da Palavra de Deus, não de uma palavra escrita no acaso de um passado distante, mas do Verbo que ao irromper a historia, encarnou fazendo-se igual aos homens.

O livro de Enoque é uma obra de ficção e não pode ser levado a sério, contem alguns raciocínios interessantes mas existe uma sistemática contradição no propósito contemplativo ao projecto de Deus, as explicações presentes não se dispõem com coerência e o argumento descontextualizado corrobora a ausência de uma revelação.

Para evitar um contributo sustentado em argumentos vazios de sabedoria, seria conveniente ler na totalidade (do principio ao fim) o conteúdo do livro de Enoque. Os ignorantes inventam conspirações e falsas verdades a respeito da Igreja Católica. Não conhecem coisa alguma mas gostam de fazer comentários ridículos sem qualquer fundamento.

Alexandre Rodrigues disse...

Qualquer um que já tenha livro o Livro de Enoque sabe que o trecho citado está presente. Além do mais, de um ponto de vista histórico, sabemos que ele fazia parte do cânon antigo dos judeus e cristãos primitivos, mas que acabou se perdendo e somente recentemente foi encontrado.

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog