Este verso indica que certos homens chamados por Deus estão além do alcance da censura e dos julgamentos, conforme sugerem os ensinadores da seita Palavra da Fé? Salmos 105.15

A MÁ INTERPRETAÇÃO: Salmos 105.15 diz: "Não toqueis nos meus ungidos, e não maltrateis os meus pro­fetas". Alguns ensinadores da seita Palavra da Fé citam esse verso argumentando que eles foram especialmente ungidos por Deus, e por isso não devem ser criticados por seus ensinos. Indicam em suas palavras e atitudes que o ato de desafiar os seus ensinos significa desafiar o pró­prio Deus.

CORRIGINDO A MÁ INTERPRETAÇÃO: A ex­pressão "ungidos do Senhor" é utilizada nas Escrituras, no Antigo Testamento, referindo-se aos reis de Israel (veja 1 Sm 12.3,5; 24.6,10; 26.9,11,16,23; 2 Sm 1.14,16; 19.21; Sl 20.6; Lm 4.20). Nesse contexto, a Palavra não pode ser interpretada como referindo-se aos atuais ensinadores na igreja. Além disso, a palavra "profetas", nesse contex­to, pode se referir apenas a profetas do Antigo Testamen­to, e não aos atuais líderes da igreja. Nenhuma dessas designações pode ser interpretada com referência aos ensinadores da igreja da atualidade.

Mesmo que permitíssemos que esse verso pudesse se referir livremente aos atuais líderes da igreja, a advertên­cia seria acerca de danos físicos praticados contra eles. Não teria nada a ver com o ato de colocar à prova os seus ensinos. Nos tempos do Antigo Testamento, os pro­fetas e reis corriam um risco muito grande de sofrer danos físicos — e daí a advertência.

As próprias Escrituras nos instruem a provar todos os ensinamentos pela Palavra de Deus (1 Ts 5.21). Como os antigos bereanos, devemos fazer das Escrituras o nosso padrão de medida da verdade (At 17.11). A eles foi reco­mendado que comparassem os ensinos do apóstolo Pau­lo com as Escrituras. Paulo afirmou em outra passagem: "Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça, para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamen­te instruído para toda boa obra" (2 Tm 3.16,17, as ênfa­ses foram adicionadas) Todos nós devemos estar em cons­tante guarda contra os falsos ensinos (Rm 16.17,18; con­fira 1 Tm 1.3,4; 4.16; 2Tm 1.13,14;Tt 1.9; 2.1).

Existe uma opinião na qual cada crente em Cristo é "ungido" (veja 1 Jo 2.20). Em vista disso, nenhum líder cristão pode reivindicar para si uma posição especial, acima de outros ou além da crítica doutrinária.


Resposta as Seitas - 
Norman G. Geisler e Ron Rhodes - 
CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

0 comentários:

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos