Jesus se contradisse ao dizer que nenhum sinal seria dado? Marcos 8:11-12 (Cf. Mt 12:38-39.)

PROBLEMA: Em Marcos, os fariseus pediram um sinal a Jesus, mas ele disse que àquela geração não seria dado sinal algum. Mas o relato de Mateus diz que Cristo respondeu afirmando que o sinal do profeta Jonas lhe seria dado (a saber, a ressurreição de Jesus).

SOLUÇÃO: Primeiramente, o ponto principal nessa questão é que Cristo não quis atender o pedido que eles fizeram de um sinal imediato. Jesus não disse em Mateus que o sinal do profeta Jonas seria dado de imediato. Esse sinal (de sua morte e ressurreição) ocorreria mais tarde. Assim, mesmo em Mateus ele não atendeu ao pedido dos fariseus.

Jesus recusava-se a fazer milagres apenas como espetáculo (Lc 23:8). Ele não lançava "pérolas aos porcos". Entretanto, realizou milagres para confirmar que era o Messias (Jo 20:31), e a ressurreição foi o milagre que coroou tal condição (cf. At 2:22-32).

Em segundo lugar, é evidente que em mais de uma ocasião Jesus foi solicitado a dar um sinal. Lucas 11:16, 29-30 afirma que outros pediam dele um sinal do céu. Aqui em Lucas, Jesus responde de forma semelhante à de Mateus 12. Novamente em Mateus 16:1-4, os fariseus pediram um sinal de Jesus, ao que ele respondeu que sinal algum seria dado, a não ser o de Jonas, tal como ele o fez no capítulo 12.

Assim, está claro que em outras ocasiões pediram a Jesus para dar um sinal e, a cada vez, Jesus recusou-se a atender os pedidos imediatos deles. Os milagres são realizados segundo a vontade de Deus, não de acordo com o querer dos homens (cf. Hb 2:4; 1 Co 12:11).


MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e "Contradições" da Bíblia -
Norman Geisler - Thomas Howe.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os 7 Sacramentos da Igreja Católica - Refutação

A mutilação dos 10 Mandamentos Católicos

Jesus desceu até o inferno? Efésios 4:9