Devemos literalmente dar qualquer coisa a quem nos pedir? Mateus 5:42

PROBLEMA: Nesse versículo Jesus com toda a clareza disse: "Dá a quem te pede e não voltes as costas ao que deseja que lhe emprestes" (cf. Lc 6:30). Mas, se tomássemos isso literalmente, acabaríamos sem ter o que prover para a nossa própria família. E por outro lado Paulo disse que aqueles que não cuidam de suas famílias são piores do que o descrente (1 Tm 5:8).

SOLUÇÃO: Um texto fora de contexto é meramente um pretexto. Temos de entender o contexto no qual Jesus disse "dá a quem te pede". Antes de mais nada, pelo que sabemos de outras coisas que Jesus disse e praticou, isso não quer dizer que devemos dar às pessoas o que lhes fará mal. Como Jesus disse, nenhum bom pai daria uma serpente ao seu filho (Mt 7:10). Além disso, essa palavra de Jesus não quer dizer dar a quem, podendo trabalhar, recusa-se a isso. Paulo disse com determinação: "se alguém não quer trabalhar, também não coma" (2 Ts 3:10).

Finalmente, todo o contexto das afirmações de Jesus nesse caso é para confirmar o espírito da lei, que ele veio cumprir (Mt 5:17-18), em oposição ao que eles tinham "ouvido" (cf. Mt 5:21,27,33,38,43) - o que tinha sido distorcido e dito por tradição oral (cf. Mt 15:3-6).

Jesus está abordando explicitamente a distorção legalista do AT, que diz que vinguemos nossos inimigos "olho por olho, dente por dente" (Mt 5:38). Jesus diz, ao contrário, que não devemos retaliar os nossos inimigos; devemos amá-los, ajudá-los (cf. v. 44). Mas ele não esperava que seus ouvintes tomassem de forma literal o mandamento "dá a quem te ide", da mesma maneira como não pretendia também que cortassem literalmente suas mãos e arrancassem seus olhos, se estes os fizessem tropeçar! (vv. 29-30).


MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e "Contradições" da Bíblia - 
Norman Geisler - Thomas Howe.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os 7 Sacramentos da Igreja Católica - Refutação

A mutilação dos 10 Mandamentos Católicos

Jesus desceu até o inferno? Efésios 4:9