Se Daniel era fiel a Deus, por que não se recusou a dobrar-se diante dessa imagem, também? Daniel 3:12

PROBLEMA: No primeiro capítulo, Daniel e os três outros jovens recusaram-se a fazer qualquer coisa que violasse sua consciência (cf. Dn 1:8ss). Entretanto, segundo Dn 3:12, apenas os três jovens recusaram-se a dobrar-se perante aquela imagem. Por que Daniel também não se recusou a praticar esse ato de idolatria?

SOLUÇÃO: Certamente ele teria se recusado a isso, se estivesse lá. Mas não há absolutamente referência alguma quanto a Daniel estar presentes Como ele era um oficial do governo (cf. Dn 1:19), é possível que ele estivesse fora da capital, tratando de algum negócio, quando tal incidente ocorreu. Sabemos com certeza que posteriormente (Dn 6) ele permaneceu firme em suas convicções espirituais, mesmo sob a ameaça da morte. Assim, caso ele tivesse estado presente, podemos ter certeza de que ele teria rejeitado participar de tal ato de idolatria.



MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e "Contradições" da Bíblia - 
Norman Geisler - Thomas Howe.

0 comentários:

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog