Se com tua boca confessares ao Senhor Jesus - Romanos 10:9,10

Testemunha de Jeová: A Tradução do Novo Mundo traz no rodapé a seguinte nota concernente a esse texto:

"9 Gr.:Kyrios; hbr.: há' adhón, o Senhor"

E no apêndice, informa o sentido dessa expressão, dizendo:

"O uso do artigo definido antes do título Adhóhn  limita a aplicação deste título exclusivamente a Jeová Deus."

Resposta apologética: Como sabemos, o texto em análise se aplica a Jesus. Logo, Jesus também é identificado como Jeová. Perguntamos então:

"Qual é o nome que deveria ser confessado? Deveriamos crer na ressurreição de quem? Qual é o nome invocado pelo discípulos?"

Quando lemos Atos 9:14,21;22.16 e 1 Corintios 1:2, chegamos a conclusão que os discípulos invocavam o nome de Jesus. Logo, entendemos, pelo contexto, que a passagem não está se referindo ao Pai.


Bíblia Apologética

2 comentários:

rogerio_carneiro disse...

parabens continue abençoando pessoas

Hélio S.Júnior disse...

Que a Verdade possa liberta-los, levando-os a Cristo, Nosso Senhor.

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog