Isto significa vida eterna, que absorvam conhecimento de ti, o único Deus verdadeiro, e daquele que enviaste, Jesus Cristo - João 17:3



"Isto significa vida eterna, que absorvam conhecimento de ti, o único Deus verdadeiro, e daquele que enviaste, Jesus Cristo." (João 17:3, Tradução do Novo Mundo)

Um dos versículos citados mais freqüentemente pelas testemunhas de Jeová que batem à porta é João 17:3. Elas o usam de duas maneiras diferentes:

Primeira, apesar da maioria das traduções apresentarem o grego como "conhecer" a Deus, a versão da Torre de Vigia diz "tomando conhecimento". Isto habilita as testemunhas a usarem este versículo ao oferecerem aos ouvintes "um estudo grátis da Bíblia" para receberem "o conhecimento de Deus". Aqueles que aceitam a oferta são rapidamente desviados da Bíblia para um dos muitos livros publicados pela Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados.

Depois disso, as pessoas que estudam com as testemunhas estão "sempre aprendendo, mas nunca podendo chegar ao pleno conhecimento da verdade" (II Tim.3:7). O próprio Jesus Cristo revelou que ele é:

"O caminho, e a verdade, e a vida", e que "ninguém vem ao Pai, senão por mim. (João 14:6)

Os "fatos" que continuam enchendo as mentes das testemunhas nunca suprem a falta de um verdadeiro conhecimento de Jesus, a verdade viva.

Isto se assemelha à situação de um jovem admirador de um famoso astro do cinema que tenha visto todos os seus filmes, lido todos os volumes de seu material biográfico, e decorado suas paredes com retratos de seu astro. Todavia, todo esse conhecimento nunca poderá chegar ao tipo de relacionamento desfrutado pelo filho adotivo desse astro, que vive em relação íntima com ele. O cristianismo real envolve a adoção por Deus como seu filho, e realmente o vir a conhecê-lo (veja Gál. 4:5-9; Rom. 8:14-39). O "conhecimento" fornecido pela Torre de Vigia nunca pode se igualar a este.

A segunda forma em que as testemunhas de Jeová usam João 17:3 é para negar a divindade de Cristo. Elas mostram que Jesus chamou o Pai de "o único Deus verdadeiro" e fazem distinção entre "tu, o único Deus verdadeiro" e "aquele que enviaste, Jesus Cristo". É claro, a relação do Pai, Filho e Espírito Santo dentro da trindade é uma questão que até mesmo os cristãos mais ortodoxos podem ver no máximo "como através de um espelho, obscuramente", enquanto nós desejamos ansiosamente estar com Deus e, só então, vê-lo "face a face" (I Cor. 13:12).

Mas agora podemos ver claro o suficiente para saber que a Sociedade Torre de Vigia está distorcendo João 17:3.

Se a referência ao Pai como "o único verdadeiro Deus" significasse a exclusão do Filho da divindade, então o mesmo princípio de interpretação se aplicaria a Judas 4, onde Cristo é chamado "nosso único dono e senhor" (Tradução do Novo Mundo, grifo acrescentado). Isto excluiria o Pai do senhorio e da propriedade. As testemunhas falam ainda do Pai como "o Senhor Jeová", contudo Judas 4 chama Jesus de nosso "único" Senhor. E o Espírito Santo é chamado "Senhor" em II Coríntios 3:17. Obviamente, o uso da palavra único não é exclusiva com referência ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Jesus sendo chamado nosso "único" Senhor não exclui o senhorio do Pai e do Espírito Santo, e o Pai sendo chamado "o único" Deus verdadeiro não exclui o Filho e o Espírito Santo da divindade.

(Veja também as considerações sobre Gênesis 18:1,2; Êxodo 3:14; Salmo 110:1Isaías 9:6; João 1:1, 20:28; e Apocalipse 1:7,8.)

As Testemunhas de Jeová Refutadas Versículo por Versículo - 

David A. Reed




0 comentários:

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog