Por que Jonas se refere ao rei da Assíria apenas como "rei de Nívive"? Jonas 3:6

PROBLEMA: Eruditos conservadores mantêm a posição de que o livro de Jonas foi escrito pelo próprio profeta, que de fato viveu os acontecimentos registrados nesse livro. Entretanto, já que o livro de Jonas foi escrito por um profeta judeu que viveu no tempo do império assírio, por que ele se referiria ao rei da Assíria simplesmente como o rei de Nínive?

SOLUÇÃO: Todos os antigos registros acerca da história da Assíria testificam que era do conhecimento geral Nínive ser a capital da Assíria. Só porque Jonas identifica esse rei como o rei de Nínive, não quer dizer que ele não soubesse que esse homem era o rei do império da Assíria, do qual Nínive era a capital. Identificar o rei de uma nação como o rei de sua capital não era algo incomum. E 1 Reis 21:1, Acabe, rei de Israel, é referido como rei de Samaria. Assim, o emprego desse título por Jonas não foi algo anacrônico, e não constitui base para Uma datação posterior.



MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e "Contradições" da Bíblia - 
Norman Geisler - Thomas Howe.

0 comentários:

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog