É esta uma profecia acerca do profeta Maomé? Deuteronômio 18:15-18

PROBLEMA: Deus prometeu a Moisés: "Suscitar-lhes-ei um profeta do meio de seus irmãos, semelhante a ti, em cuja boca porei as minhas palavras, e ele lhes falará tudo o que eu lhes ordenar". Os muçulmanos acreditam que esta profecia cumpriu-se com Maomé, como declara o Alcorão, ao referir-se a "O iletrado Profeta [Maomé], o qual é encontrado em suas próprias [escrituras], na Lei e nos Evangelhos" (Surá 7:157).

SOLUÇÃO: Esta profecia não pode ser uma referência a Maomé por várias razões.

Primeiro, o termo "irmãos" refere-se aos filhos de Israel, não aos seus antagonistas árabes. Por que iria Deus despertar um profeta para Israel que proviesse de seus inimigos?

Segundo, no contexto deste mesmo versículo, o termo "irmãos" aplica-se aos que são israelitas. Pois aos levitas foi dito: "não terão herança no meio de seus irmãos"(v.2).

Terceiro, em qualquer outro lugar neste livro do AT o termo "irmãos" refere-se também aos israelitas, e não a estrangeiros. Deus disse-lhes para escolher um rei "de entre os teus irmãos", e não a um estrangeiro. Israel nunca escolheu um rei que não fosse judeu.

Quarto, Maomé veio da linhagem de Ismael, como os próprios muçulmanos admitem, mas a bênção de Deus estava sobre a linhagem de Isaque. Quando Abraão orou: "Tomara viva Ismael diante de ti", Deus respondeu enfaticamente: "A minha aliança... estabelecê-la-ei com Isaque..."(Gn 17:18,21). Posteriormente Deus repetiu: "Por Isaque será chamada a tua descendência" (Gn 21:12).

Quinto, o próprio texto do Alcorão estabelece que a linha profética veio através de Isaque, e não de Ismael: "E nós concedemos Isaque e Jacó, e nós estabelecemos os profetas e as escrituras em sua semente" (Surá 29:27). O erudito muçulmano Yusuf Ali acrescenta a palavra "Abraão" e muda o significado da seguinte maneira: "Nós demos (Abraão), Isaque e Jacó, e ordenamos entre os seus descendentes os Profetas e a Revelação". Ao acrescentar "Abraão", que foi o pai de Ismael, ele pôde então incluir Maomé, descendente de Ismael, na linha profética! Mas o nome de Abraão não é encontrado no texto árabe original.

Sexto, Jesus foi quem perfeitamente cumpriu aquele versículo, já que: (1) Ele foi um judeu, no meio de seus irmãos judeus (cf. Gl 4:4). (2) Ele cumpriu Deuteronômio 18:18 perfeitamente: "ele lhes falará tudo o que eu lhes ordenar". Jesus disse: "nada faço por mim mesmo; mas falo como o Pai me ensinou" (Jo 8:28). E, "porque eu não tenho falado por mim mesmo, mas o Pai, que me enviou, esse me tem prescrito o que dizer e o que anunciar" (Jo 12:49). (3) Ele referiu-se a si mesmo como "profeta" (Lc 13:33), e as pessoas o consideravam profeta (Mt 21:11; Lc 7:16; 24:19; Jo 4:19; 6:14; 7:40; 9:17). Como Filho de Deus, Jesus era profeta (aquele que fala aos homens, da parte de Deus), era também sacerdote (Hb 7-10, o que fala a Deus, da parte dos homens) e rei (o que reina sobre os homens, como Deus, Ap 19-20).

Finalmente, há outras características do "Profeta" que estão de acordo apenas com a vida de Jesus, e não com a de Maomé, tais como: Jesus falou com Deus "face a face" e realizou "sinais e maravilhas" (veja os comentários de Deuteronômio 34:10).

MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e "Contradições" da Bíblia - 
Norman Geisler - Thomas Howe.

2 comentários:

Adilson disse...

Cada povo tem sua religião, olha por exemplo o que aconteceu com a maioria dos judeus, eles não acreditaram em Jesus. Porém no alcorão Jesus é citado como um grande profeta. Bom agora vem a pergunta a nação judia representa o universo de nações? Porque esse povo judeu não acreditaram que Jesus é o salvador? Pra mim se um povo acredita em Deus isso é promissor.

Nelson disse...

Caro Adilson, Graça e Paz da parte de Nosso Senhor Jesus Cristo.
O fato de um povo acreditar em Deus é promissor, porém não lhes garante a salvação eterna. Esta, só atingiremos por intermédio de Jesus Cristo, pois Ele é "o Caminho, a Verdade e a Vida". Qualquer outra forma propagada de se chegar à presença de Deus é o caminho errado, mentira e leva à morte.
Atente para o fato de que "acreditar em Deus" até o diabo e seus demônios "acreditam", porém estão impedidos de compartilhar a Salvação que nos foi prometida em Jesus Cristo.
Um forte abraço e Deus te abençõe!

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog