Como Deus poderia usar "espíritos mentirosos" para fazer sua vontade se ele proíbe a mentira? 1 Reis 22:22


PROBLEMA: As Escrituras ensinam que "Deus é a verdade" (Dt 32:4, SBTB) e que "é impossível que Deus minta" (Hb 6:18). Ainda, Deus nos ordena a não mentir (Êx 20:16), e ele punirá com severidade aqueles que forem mentirosos (Ap 21:8). Contudo, apesar de tudo isso, nesta passagem Deus é apresentado como aquele que recruta um espírito de mentira para seduzir o rei Acabe a selar o seu próprio destino. O texto diz:

"Eis que o Senhor pôs o espírito mentiroso na boca de todos estes teus profetas" (1 Rs 22:23).

SOLUÇÃO: Vários fatores devem ser considerados para entendermos esta situação. 

Primeiro, trata-se de uma visão. Como tal, é uma visão de uma cena no céu, que procura explicar a autoridade soberana de Deus com imagens de sua posição como rei. 

Segundo, toda a encenação disso representa Deus com a ampla autoridade que ele possui, de forma que até mesmo os espíritos malignos aparecem como estando sujeitos ao controle final de Deus. 

Terceiro, o Deus da Bíblia, em contraste com os deuses das religiões pagãs, soberanamente está no controle de todas as coisas, inclusive das forças malignas que ele usa para realizar os seus bons propósitos (cf. Jó 1-3)

Quarto, a Bíblia às vezes fala de Deus "endurecer" o coração das pessoas (veja os comentários de Romanos 9:17) ou ainda de enviar-lhes a "operação do erro, para darem crédito à mentira" (2 Ts 2:11). Entretanto, examinando com mais cuidado o texto, descobrimos que Deus agiu assim somente nas pessoas que por si mesmas tinham endurecido o seu coração (Êx 8:15) e que não haviam dado "crédito à verdade" (2 Ts 2:12).

Para resumir, Deus não está aprovando a mentira. Ele simplesmente a está utilizando para cumprir seus propósitos. Deus não está promovendo a mentira, mas permitindo que ela venha trazer juízo sobre o mal. Isso significa que o Senhor, visando os seus propósitos de justiça, permitiu que Acabe fosse enganado por um espírito maligno, por meio do qual Deus sabia, segundo a sua onisciência, que a sua soberana e boa vontade acabaria sendo realizada.


MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e "Contradições" da Bíblia - 
Norman Geisler - Thomas Howe.

0 comentários:

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog