Este versículo ensina que a vir­gem Maria não tinha pecados? Gênesis 3.15a

A MÁ INTERPRETAÇÃO: Muitos eruditos católicos alegam que "a semente da mulher foi entendida como se referindo ao Redentor... e desse modo a mãe do Re­dentor passou a ser vista na mulher" (Ott, 1960, 200). Até mesmo o infalível pronunciamento da imaculada concepção "aprova essa interpretação mariano-messiânica" (Ibid.).

CORRIGINDO A MÁ INTERPRETAÇÃO: Esse verso não contém qualquer referência a Maria ou à sua dita imaculada concepção. Uma das melhores evi­dências disso — fora do próprio texto — é o fato de que mesmo autoridades católicas como Ott reconhe­cem que o "sentido literal" desse texto significa que "entre Satanás e seus seguidores por um lado, e Eva e a sua posteridade por outro, haverá uma constante guerra moral... A posteridade de Eva inclui o Messias, em cujo poder a humanidade ganhará a vitória sobre Satanás" (Ibid.).

Mesmo que por extensão Maria pudesse ser conectada de alguma maneira indireta a esse texto, isso ainda seria um gigantesco salto até a sua imaculada concepção, que não é exposta e nem sugerida em qualquer lugar dessa passagem. O sentido literal é que Eva (e não Maria) e a sua posteridade estariam em guerra moral contra Sata­nás e a descendência dele, culminando com a vitória esmagadora do Messias sobre Satanás e suas hostes. A "mulher" é obviamente Eva, e a "semente da mulher" é claramente a descendência literal de Eva (Gn 4.1,25), nulo em direção a e culminando com a vitória de Cristo sobre Satanás (conferir Rm 16.20).

Os católicos alegam que, assim como o Messias é encontrado, por extensão, na frase "semente da mulher", também está implícita Maria, a mãe do Messias. Mesmo que isso fosse assim, não existe nenhuma conexão necessária ou lógica entre Maria ser a mãe do Messias e ter tido a sua concepção sem pecado.


Resposta as Seitas - 
Norman G. Geisler e Ron Rhodes - 
CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

0 comentários:

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog