Como devo evangelizar a alguém que pertence a uma denominação, que eu suspeito não estar confiando no Salvador?

A maneira mais eficaz de falar sobre as questões da eternidade para uma pessoa religiosa, é não se desviar do foco: a Salvação. Após ouvir a crença de uma pessoa, podemos sentir a obrigação de falar sobre questões como o batismo infantil, a transubstanciação, etc. No entanto, é aconselhável antes estabelecer os pontos de concordância entre a Bíblia e a denominação da pessoa, tais como o nascimento virginal, a cruz, e assim por diante. Um ponto de concordância certamente será os Dez Mandamentos. Eles são a chave para trazer qualquer pessoa religiosa a um conhecimento salvífico do evangelho.

Depois que alguém é convertido a Jesus Cristo, a Bíblia ganha vida e ele será conduzido a toda a Verdade pelo Espírito Santo que nele habita. A Palavra de Deus, então, dar-lhe-a luz, e ele vai abandonar a tradição religiosa, pois agora ele é guiado por Deus. Embora existam fortes argumentos bíblicos que podem convencer as pessoas não regeneradas que as tradições de sua igreja contradizem a Sagrada Escritura, existe uma dificuldade. Algumas pessoas religiosas mantem os ensinamentos de sua igreja em pé de igualdade com, ou de maior autoridade do que, a Sagrada Escritura. É, portanto, muitas vezes inútil tentar convencê-los intelectualmente que a sua confiança deve estar na pessoa de Jesus Cristo, e não em sua própria justiça ou nas tradições de sua igreja. Por esta razão, deve-se visar a consciência da pessoa, ao invés do intelecto. Levá-los através da Lei de Deus (os Mandamentos) mostrando que eles estão condenados apesar de suas boas obras, e enfatizar fortemente que somos salvos pela graça, e graça somente e não por confiar em nossa própria justiça ou tradições religiosas.

Caso estejam abertos ao evangelho, e estiverem interessados ​​no que a Palavra de Deus diz, em relação aos ensinamentos de sua igreja, eles irão escutar a Escritura. Por exemplo, em Mateus 8:14, vemos que Pedro (a quem a Igreja Católica Romana afirma ser o primeiro papa) era casado, assim como muitos dos outros apóstolos (veja 1 Coríntios 9:5).


Tradução: Hélio S. Júnior - Desafio Cristão

Veja um exemplo de evangelismo usando os 10 mandamentos:

Você é uma boa pessoa?



Saiba mais sobre esse método:



Fonte: http://www.livingwaters.com/
Tradução: Hélio S. Júnior - Desafio Cristão

0 comentários:

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog