Os pagãos estão perdidos? Romanos 1:19-20

PROBLEMA: Jesus disse: "Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (Jo 14:6). Também, Atos 4:12 diz a respeito de Cristo: "E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos". Mas, e se alguém nunca ouviu o Evangelho de Cristo, estará ele eternamente perdido? Paulo parece responder a essa pergunta dizendo que sim. Mas é justo condenar as pessoas que nunca ouviram nada acerca de Cristo?

SOLUÇÃO: A resposta de Paulo é clara. Ele disse que os pagãos são "indesculpáveis" (1:20) porque "o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas" (1:19-20).

Dessa forma, os pagãos com justiça são condenados, por várias razões. Primeiro, Romanos 2:12 afirma: "Assim, pois, todos os que pecaram sem lei também sem lei perecerão; e todos os que com lei pecaram, mediante lei serão julgados". Essa passagem ensina que o judeu é julgado pela Lei, as Escrituras hebraicas, mas o gentio é condenado pela "lei gravada no seu coração".

"Porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem naturalmente as coisas que são da lei, não tendo eles lei, para si mesmos são lei; os quais mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência, e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os" (Rm 2:14-15, SBTB).

Segundo, a pergunta pressupõe inocência por parte do homem não salvo, que nunca ouviu o Evangelho. Mas a Bíblia nos diz que "todos pecaram e carecem da glória de Deus" (Rm 3:23). Além disso, Romanos 1:18-20 diz que Deus se mostra claramente por meio da revelação natural, de forma que "tais homens são, por isso, indesculpáveis". Os seres humanos não são inocentes, tendo em vista a revelação natural de Deus.

Terceiro, se uma pessoa que nunca ouviu o evangelho na sua vida faz o melhor que pode, tal pessoa apenas está fazendo obras para a salvação. Mas a salvação é pela graça, "porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus" (Ef 2:8). De nenhuma maneira alguém pode fazer qualquer coisa para ter acesso ao céu. Se houvesse um jeito, então a obra de Cristo na cruz teria sido inútil.

Finalmente, um ponto importante é que a Bíblia diz: "buscai e achareis". Isto é, aqueles que buscarem a luz que têm na natureza, a qual não é suficiente para a salvação, encontrarão a luz de que necessitam para a salvação. Hebreus 11:6 diz: "De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam". Atos 10:35 acrescenta: "pelo contrário, em qualquer nação, aquele que o teme e faz o que é justo lhe é aceitável".

Deus tem muitas maneiras de fazer com que a verdade acerca da salvação por meio de Cristo chegue àqueles que o buscarem. Ele pode enviar um missionário (At 10) ou uma Bíblia (Sl 119:130), pode dar-lhes uma visão (Dn 2; 7) ou enviar-lhes um anjo (Ap 14). Mas aqueles que derem as costas à luz que têm (pela natureza), e acharem-se perdidos nas trevas, não têm a quem culpar senão a si mesmos. Pois "os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más" (Jo 3:19).

MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e "Contradições" da Bíblia - 
Norman Geisler - Thomas Howe.

1 comentários:

Ivo Gomes de Lima disse...

Porventura o Pai dos espíritos não conhece e distingue (dentre aqueles a quem nunca chegou, enquanto viveram, a mensagem da Pessoa e obra salvífica de Cristo) aqueles que se a ouvissem, creriam (e seriam selados com o Espírito) e os que, mesmo que viessem a receber o testemunho, rejeitariam a Luz?

E a salvação para pessoas com quaisquer deficiências (mental, emocional, física, etc) que as impeça de ouvir/ver/acolher a mensagem salvífica? E os fetos abortados(acidental ou intencionalmente)? E os que morrem nos primeiros anos de vida? (O Deus santo e justo tem, como disse o escritor, "muitas maneiras de fazer com que a verdade acerca da salvação por meio de Cristo chegue àqueles que o buscarem."

Mandado alguém por Deus a pregar a uma alma (sedenta e a quem a mensagem do Evangelho nunca alcançou) e esse mensageiro não vai (ou vai tardiamente), e essa pessoa morre sem ouvir; porventura, esta alma (que, se ouvisse, o Senhor sabe que creria) entraria na condenação perpétua pela culpa de não ter ouvido?


Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog