Que Concepções da Trindade São Incorretas?



Estudando a Escritura, constatamos que Deus é um ser triúno por natureza. Ele é o único Deus, manifestando-se em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Ao longo da história do cristianismo surgiram outras concepções para explicar a natureza de Deus que divergiam do que a Bíblia afirma. Entre as mais conhecidas citamos o unitarismo e o modalismo.

Unitarismo. O unitarismo caracteriza-se pela crença de que é incorreto afirmar que Deus existe em três pessoas. Deus é uma unidade; ele é um em essência e em pessoa.

O unitarismo originou-se no século IV quando Ario, um bispo de Alexandria, negou que Jesus era o Deus eterno. Ario ensinava que a natureza de Jesus era superior à do homem mas inferior à de Deus. Negava também que o Espírito Santo fosse Deus.

O unitarismo moderno iniciou-se no século XVI por inter­médio de um homem chamado Socino. No entender de Socino, a morte de Cristo na cruz pelos pecados da humanidade foi desnecessária. Ao invés de crer que Jesus era um Salvador divino, ele pregava que Deus conferiu a Jesus o poder divino como um gesto de benignidade para com o seu povo.

Embora rejeitassem a doutrina da Trindade, os unitaristas dos séculos XVII e XVIII viam Jesus como aquele que recebeu uma comissão especial de Deus. Eles ensinavam que Jesus revelou verdades de Deus que o homem, mediante o racio­cínio, não tinha condições de conhecer. No século XIX, porém, houve uma mudança na postura unitarista. Desenvolveu-se no unitarismo uma escola de pensamento anti-sobrenatural, por influência da alta crítica alemã da Bíblia. Os unitaristas passaram a duvidar dos quatro Evangelhos como fontes autori­zadas e rejeitaram a exclusividade do cristianismo. Esta re­jeição já era parte da crença do unitarismo primitivo. O que aconteceu com a postura anti-sobrenaturalista foi que a bon­dade do homem recebeu maior ênfase do que a existência e o poder de Deus.

Atualmente, o unitarismo não se atribui a nenhum conjunto de doutrinas em particular. O que o sustenta é a crença fun­damental na bondade do homem e no fato de que Deus não está limitado a nenhuma revelação em especial, como a Bíblia, podendo ser encontrado em diversas religiões.

Modalismo. A concepção do modalismo acerca da natureza de Deus também é incorreta. Ensina que Deus é um e que as três pessoas mencionadas na Bíblia — o Pai, o Filho e o Espírito Santo — são modos ou manifestações do Deus uno. Não existem pessoas distintas na natureza de Deus, segundo o ponto de vista modalista.

A finalidade original do modalismo era preservar o mono­teísmo (ou seja, a crença na existência de um único Deus) ao mesmo tempo que aceitava a divindade de Cristo. Acontece que a trindade do modalismo é uma trindade de manifes­tações, o que significa que as três pessoas são expressões da pessoa única de Deus. A Trindade que a Bíblia menciona é uma trindade de pessoas, o que significa que a natureza do Deus único comporta três pessoas distintas.

O modalismo solapa também o ensinamento bíblico de que Deus nunca muda, pois exibe um Deus que muda de ex­pressão. A Bíblia pinta um Deus imutável.

"Pois eu, o Senhor, não mudo..." (Mal. 3:6).

Além disso, o modalismo diminui a obra mediadora de Cristo. A Bíblia explica que Jesus é o Mediador entre Deus e o homem.

"Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem" (I Tim. 2:5).

Seguindo a concepção modalista de Deus, de que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são a mesma pessoa, verificaríamos que Deus estaria servindo de mediador para si próprio. Isto não é bíblico nem lógico.

Podemos concluir que tanto o unitarismo quanlo o modalismo apresentam concepções da Trindade que não eslão de acordo com o ensinamento bíblico.

103 Perguntas Que as Pessoas Mais Fazem Sobre Deus 
DON STEWART

1 comentários:

Rana disse...

Não consigo entender esta história de trindade, como pode ser tres em um (pai, filho de espirito santo), então me explique quem morreu na cruz por nossos pecados, foi DEUS ou foi seu filho unigênito JESUS CRISTO ?
Me ajuda aí meu .

obrigado

Jonas

Postar um comentário

REGRAS AO COMENTAR:

"Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo." [Efésios 4:29-32 (NVI)]

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo).

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados.

3 - Comentários ofensivos serão deletados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Dúvidas entre em contato - helio.juniorjp@gmail.com - "Estejais sempre prontos para responder a todo aquele que pedir a razão da esperança que há em vós" (I Pe. 3.15)

Irmãos

Arquivo do blog